Terceira edição do Publicom em 2018 chega à região do Marajó

Text_2

O Encontro de Comunicação do Pará – Publicom será realizado nos dias 17 e 18 de maio, na cidade de Breves, na região do Marajó, com o objetivo de debater a comunicação como ferramenta para o desenvolvimento. “É fundamental que a comunicação exerça um papel cada vez mais humanizado e comprometido com o desenvolvimento da sociedade”, explica Daniel Nardin, secretário de Estado de Comunicação.

As inscrições são gratuitas e estão abertas para profissionais e estudantes de comunicação, além de interessados nos temas das oficinas, palestras e debates. Este ano, o Publicom já ocorreu nos municípios de Marabá, região Carajás, e Altamira, na região Xingu.

Mais do que aprimorar o conhecimento de comunicadores e alunos da região quanto ao manuseio das ferramentas de comunicação, o Publicom visa estimular a reflexão sobre o contexto em que atores sociais estão inseridos. Segundo Daniel Nardin, houve um intenso desenvolvimento técnico da comunicação e, paralelo a essas mudanças, é necessário pensar no papel fundamental da comunicação em outras áreas. “Isso se dá por meio de campanhas, debates e discussões, como a proposta do Publicom nas diversas regiões do Estado”, explicou o secretário.

Para o município de Breves, por exemplo, será repetido o debate sobre Mídia e Feminicídio, que já ocorreu nas duas primeiras edições deste ano, assim como a participação de consultoria do Fundo das Nações Unidas para Infância (Unicef). Estão sendo mobilizadas associações, ONGs e coletivos de mulheres; de defesa dos direitos das crianças e adolescentes, e estudantes das escolas estaduais de ensino médio para participarem do evento.

Programação – O Publicom começa na quinta-feira (17), com a oficina de “Cerimonial Básico + A Arte de Falar em Público”, ministrada pelo mestre de cerimônia do Governo do Estado, Reginaldo Teles, das 8h às 12h. Já na sexta-feira (18), no mesmo horário, ocorrerá a oficina “Design para não designers” com o publicitário e designer Filipe Almeida.

A programação terá continuidade na parte da tarde, a partir das 14h, com mesa de boas-vindas ao evento com a presença de Daniel Nardin; Heitor Pinheiro, secretário de Estado de Integração de Políticas Sociais; e Jaqueline Almeida, consultora do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) nas áreas de Comunicação Social, Políticas Públicas, Planejamento e Desenvolvimento. Às 14h30, será exibido o documentário “Quem Matou Eloá?”, seguido de bate-papo sobre Mídia e Feminicídio, com Lívia Perez, diretora do curta-metragem e especialista em midiologia. Esse debate será mediado por Adelaide Oliveira, presidente da Fundação Paraense de Radiodifusão (Funtelpa).

Das 17h às 19h, haverá a palestra “Do rádio à televisão: credibilidade com linguagem popular”, com Valdo Souza, radialista e apresentador de TV. Ele passou pelas principais emissoras de rádio ligadas ao esporte, entre elas a Rádio Clube e a Marajoara AM, além da Marajoara FM com o programa “Alô Comunidade”. Depois, dividiu a carreira entre rádio e emissoras de televisão, como a TV Record e, atualmente, no SBT.

Serviço – O Publicom Breves será realizado nos dias 17 e 18 de maio, no auditório II da Universidade Federal do Pará – Campus Breves, situada na Av. Anajás s/n. A inscrição deve ser feita pelo site www.publicom.pa.gov.br e a confirmação mediante a doação de um livro no local do evento, no ato do credenciamento. Mais informações pelo telefone (91) 3202-0903.

Programação

17/05 (Quinta-feira)

Manhã

8h às 12h – Oficina de “Cerimonial Básico + A Arte de Falar em Público” – Reginaldo Teles.

18/05 (Sexta-feira)

Manhã

8h às 12h – Oficina de “Design para quem não é designer” – Filipe Almeida.

Tarde

14h às 14h30 – Mesa de boas-vindas: Daniel Nardin (Secom), Heitor Pinheiro (Seips) e Jaqueline Almeida (Unicef).

14h30 às 16h30 – Exibição do documentário “Quem Matou Eloá”, seguido de palestra sobre “Mídia e Feminicídio” com Lívia Perez e mediação de Adelaide Oliveira (Funtelpa).

17h às 19h – Palestra “Do rádio à televisão: credibilidade com linguagem popular”,com Valdo Souza, radialista e apresentador de TV.