Secom e estudantes da UFPA apresentam o projeto ‘Irenes do Marajó’

Text_2

“Interagir com o cotidiano do Marajó foi um aprendizado muito valioso tanto para nós, da Secom, quanto para os estudantes”. A afirmação é do jornalista Lázaro Magalhães, que integra a equipe de jornalismo da Secretaria de Estado de Comunicação (Secom). Ele embarcou juntamente com quatro estudantes de Comunicação Social da Universidade Federal do Pará (UFPA) até o arquipélago do Marajó, no período de 20 a 22 de outubro deste ano.

Mais do que um simples passeio, a viagem foi uma premiação aos alunos Ronaldo Palheta, Raisa de Araújo, Isabella Moraes e Ruth Sepaul, vencedores da segunda edição do Festival de Produção Experimental da Faculdade de Comunicação (Facom) da UFPA. Durantes os três dias de viagem, foi produzido, pelos próprios estudantes, uma série de quatro matérias chamada “Irenes do Marajó”, que fala sobre as mulheres marajoaras. Os alunos participaram desde a elaboração da pauta até a edição final do produto.

Fruto da parceria entre as secretarias de Comunicação e Turismo, do Governo do Estado, juntamente com a Facom/UFPA, a premiação teve o objetivo de aprimorar a qualidade da formação profissional dos alunos envolvidos.

“Viajar ao Marajó por meio dessa parceria da Secom com a Facom foi uma das melhores experiências estudantis da minha vida. Compreender a dinâmica do lugar, o contexto, o modo de viver das pessoas, suas práticas, foi engrandecedor. Porque ser jornalista é isso: ouvir histórias, compreendê-las e contá-las da melhor forma possível. Sem dúvida, adentrar aquela realidade, acompanhado de uma equipe de profissionais da comunicação, contribuiu e muito para a minha formação pessoal e profissional”, declarou o estudante Ronaldo Palheta.

Para a diretora da Facom, professora Rosane Steinbrenner, a parceria entre o Governo do Estado e a Faculdade de Comunicação da UFPA é a somatória de um esforço mútuo da comunicação pública nesta busca pelo interesse comum, o interesse público, e que vai gerar a formação intelectual destes futuros profissionais, cada vez mais conectados com o sentido da nossa região.

Além dos textos, é possível conferir o dia a dia da equipe durante a produção do conteúdo no Diário de Bordo ‘Irenes do Marajó’, que está disponível aqui.

Texto: Thays del Rosário / Foto: Lázaro Magalhães.