Projeto Biizu encerra atividades no Centro Juvenil Masculino

Text_2

Dentre os diversos caminhos da ressocialização, estão as oficinas de aprimoramento técnico. Algumas delas estão dentro da comunicação e o Projeto Biizu, como parte colaborativa nesses processos, tem em sua missão levar essas oficinas para as mais variadas comunidades.

Durante toda esta semana, de 21 a 25 de novembro, uma equipe da Secretaria de Estado da Comunicação – Secom, foi responsável pela Oficina de Rádio ministrada no Centro Juvenil Masculino – CJM de Ananindeua. Ministrada pela jornalista Danielle Ferreira, a oficina contou com a participação de oito internos do CJM que agora prometem implementar e manter uma rádio interna no local já intitulada “Rádio Livre”.

Coordenado por professores da Secretaria de Estado de Educação – Seduc  e técnicos da Fundação de Atendimento Socioeducativo do Pará – Fasepa, as iniciativas de levar oficinas de iniciação aos jovens é um dos instrumentos para as novas etapas dos meninos internos. Segundo o professor de artes, Arlindo Alves, após esse primeiro passo a próxima etapa agora é justamente implementar a Rádio interna: “os meninos absorveram muita coisa bacana sobre como fazer rádio, as ferramentas de edição, de locução, de produção de texto também, tivemos uma boa base, então a gente tem sim como dar o segundo passo e fazer um trabalho de qualidade aqui”, acredita.

Quem também espera pela chegada da rádio interna é outro adolescente participante, E. C, 15 anos, que foi o apresentador do programa trabalhado durante a oficina. “Foi uma experiência legal, que eu gostei. Agora quero participar do programa, todos nós. No começo eu pensei que não fosse dar conta, mas consegui. Foi um exercício de aprender a falar”, revelou.

Colaboradora do Projeto Biizu, a jornalista Danielle Ferreira teve sua primeira experiência num ambiente de ressocialização de menores. A jornalista acredita ainda que iniciativas como essa favorecem no processo de ressocialização deles, cumprindo medida sócioeducativa e eles têm muita energia pra colocar pra fora. ” Agora o que precisa é ter uma continuidade no processo, mas eles já deram o ponta-pé inicial”, afirma Danielle Ferreira.

A oficina de rádio no CJM foi realizada pelo Projeto Biizu, da Secretaria de

Comunicação – Secom, em parceria com a Fasepa, no Centro Juvenil Masculino.

Texto: Danielle Franco
Fotos: Thiago Souza

FRAME 06