Sobre a Diretoria de Comunicação Popular e Comunitária

Comunicação Comunitária

Até os anos de 1990 a comunicação popular e comunitária era vista como instrumento de mobilização e uma necessidade de expressão dos movimentos sociais. Aos poucos vem sendo agregada a noção de acesso aos mesmos como um direito de cidadania (Cicília Peruzzo, Doutora em Comunicação)

Missão

A DCPC – Diretoria de Comunicação Popular e Comunitária tem a missão de Exercer a Comunicação Pública, visando fomentar múltiplas vozes e coletividade nas comunidades, assim como democratizar o acesso às mídias e possibilitar a construção de narrativas de pertencimento e protagonismo em todo o Pará.

As comunidades se caracterizam pela existência de um modo de relacionamento baseado na coesão, convergência de objetivos e de visão de mundo, interação, sentimento de pertença, participação ativa, compartilhamento de identidades culturais, corresponsabilidade e caráter cooperativo (Cicilia Peruzzo, Doutora em Comunicação)

Além disso, esta mesma diretoria tem a missão de democratizar este processo (ou seja, permitir que a população deixe de ser uma mera espectadora no processo de construção da comunicação e passe a ser um partícipe ativo, tornando-se divulgadora, porta voz e crítica de sua própria produção).

 

Públicos:

Público Interno:

Assessores de comunicação, fotógrafos, editores, jornalistas

Público Externo:

●       Pessoas em situação de vulnerabilidade social que representem um grupo ou coletivo (mulheres, negros, LGBTIs, baixa renda, quilombolas, indígenas, ribeirinhos, pacientes de longa internação hospitalar) residentes no território paraense.

●       Comunidades atendidas pelo Programa Territórios pela Paz

●       Agentes de comunicação

 

Parcerias

Líderes comunitários, associações, ONG’S, Secretarias, fundações e institutos.

 

Objetivos

  • Oferecer subsídios teóricos e práticos para o exercício de pertencimento, cidadania, protagonismo social e coletividade;
  • Contribuir para uma transformação social de valores como autoestima, representação, identidade e cidadania;
  • Oportunizar ampliação de acesso ao mercado;
  • Divulgar ações de governabilidade no estado do Pará;
  • Fortalecer a atuação governamental na área da comunicação pública;
  • Criação de rede de comunicação comunitária

 

Valores: